som & fúria

A frustração da não-inspiração ao computador era crescente, a cobrança interna também e o resultado não passou de brancos por dias seguidos. Vontade de falar não faltava, mas as palavras ficavam todas presas, entre garganta e boca. Sentimento angustiante que prometi que mataria hoje.
Eis que volto do limbo.

Som & Fúria veio e foi. Passei dias, semanas ensaiando o que dizer sobre a minissérie, mas os pensamentos não pareciam estar refletidos na tela. As coisas não estavam saindo como eu queria. Talvez os sentimentos que surgiam a cada capitulo eram maiores do que as frases conseguiam expressar.

O que quer que seja, acaba hoje.

Som & Fúria. Minissérie trazida, traduzida, produzida e dirigida por Fernando Meirelles. Sim, o cara de Cidade de Deus. Acho que só uma pessoa sensível o bastante para conseguir fazer um projeto diferente dar certo em uma Globo. Alguém que um dia pegou todo mundo de surpresa e deu uma rasteira nos duvidosos poderia fazer teatro na televisão, com um elenco lindo e dar certo.

A inspiração mor e óbvia é Shakespeare, mas originalmente a minissérie de apenas 12 capítulos é uma adaptação de um seriado canadense Slings And Arrows, 2003. Criado e produzido pela também atriz Susan Coyne, que participou de Ensaio Sobre A Cegueira, filme dirigido por Meirelles e lançado ano passado . Um bom exemplo de que gente boa atrai coisa boa, né?

Para fazer algo estrangeiro dar por estas bandas precisa ter coragem. Porque copiar é fácil, difícil é fazer o povo engolir. Assim o trabalho nos bastidores tem de ser bem feito. E coragem é escolher a dedo quem vai dar vida aos personagens.

Coragem é trazer Felipe Camargo do mundo dos esquecidos e coloca-lo em cima do palco, na frente das câmeras, aonde a luz brilha mais e possibilitar um resultado lindo.

Coragem é pegar  que há alguns anos vive Marilda, n’A Grande Família, e dar a ela Ellen. Assistir as duas aparecendo na televisão, uma seguida da outra, e sendo testemunha de que atuar será sempre uma arte.

Coragem é ver Dan Stulbach dando vida a Ricardo, personagem mais elástico da trama, capaz de fazer aflorar em você ódio e compaixão em um mesmo capítulo.

Coragem é Pedro Paulo Rangel fazer de Oliveira uma mistura entre Gasparzinho e o Fantasma do Natal Passado, dando consciência, forca e ambição a um ser que morria em seu próprio esquecimento.

E a palavra adaptação pode significar liberdade, coisa que a equipe brasileira mostrou quando a atriz Cecilia Homem de Mello – que viveu Ana, a secretaria faz-tudo mais querida da face da Terra – e produtora de elenco escolheu Gero Camilo para viver o melhor segurança de teatro da história.

Queria que não tivesse acabado, mas acabou.
E o que tiramos desta experiência é a felicidade de ver Shakespeare sendo bem vivido, mesmo que parcialmente. Ter a prova de que há como se fazer algo de qualidade e enriquecedor para a televisão nos dias de hoje.

2 comentários sobre “som & fúria

  1. Maria disse:

    É,eu ouvi ouvi ouvi e ouvi mais um pouquinho sobre Som e Fúria mas acompanhar que é bom necas de pitibiriba.Consegui assistir o primeiro episódio naqueklas porque já tinha começado,e depois os dias malucos que passavam,quando eu não acabava capotando antes de começar eu só me lembrava no finalzinho do episódio que : PUts grila! Tem Som e Fúria hoje!
    Infelizmente para mim Som e Fúria ficou como mais um item na minha lista de coisas a ver na internet quando eu tiover um computador que preste.

  2. Vanessa disse:

    Queria muito ter acompanhado, mas os horários e meu esquecimento não me permitiam. Quando lançar em DVD darei um jeito de ver. Sinceramente vi apenas um capítulo e me encantei, então bem provável que gostarei do resultado quando ver o todo.

    Beijos, Flooor.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s