entrevista do mês: gleice

Gleice é  uma das poucas pessoas que fazem parte da minha vida desde a infância. Ok, nem tanto… digamos pré-adolescência.

Nos conhecemos quando ela entrou em minha sala na 5ª série, mas foi apenas no ano seguinte, quando já estudávamos em salas diferentes, que nos tornamos amigas. Foi uma daquelas coisas que acontecem sem você perceber e quando dei por mim nos tornamos inseparáveis. Onde uma ia, a outra estava junto… Sem combinar aparecíamos cada uma com sua camiseta de futebol, apesar de times rivais. Sempre fui amante de vôlei, ela era fã de basquete. Eu São Paulina, ela Corinthiana. Eu gostava de loiros, ela morenos. Ouvia rock e ela pagode. Como deu para perceber as diferenças ao invés de nos separarem sempre nos uniram, fator que eu que eu acho uma das coisas mais legais de nossa amizade. Já falei dela aqui algumas vezes e acho que é uma pessoa que não poderia faltar nesta série de entrevistas.

São 14 anos de amizade, onde boa parte deste tempo passamos separadas, cada uma morando em sua cidade. E mesmo assim sua opinião e bem estar são de extrema impotância para mim, algo que prova que tudo o que vivenciamos foi realmente marcante. Digamos que ela foi minha companheira no que veio a ser o melhor verão da minha vida. Parece coisa de filme americano e acredito que se um dia escrevessemos todas as aventuras pelas quais passamos juntas teriamos um filme, mesmo que fosse daqueles da Sessão da Tarde, divertido e tocante.

Por isso tenho muito orgulho dela e de nossa amizade e fico muito feliz em apresentar aqui um pouquinho desta pessoa tão querida.

gleice_3x4

Nome completo: Gleice Mônica Padovin
Nome artístico ou a.k.a: Gleice
Data de Nascimento: 23/02/1983
Onde Nasceu/ Mora: Goioerê-PR / Maringá-PR
Profissão/Ocupação: Engenheira de Alimentos

– Gosto pessoal…
Música…
Estilo de Música: mpb, sertanejo, pop-rock
Artista: Ivete Sangalo
Banda: Engenheiros do Hawaii
Música-Tema: “Sou Eu Assim Sem Você”, versão da Adriana Calcanhoto
Última canção que ouviu? “Extravasa” da Claudia Leitte

Cinema…
Estilo de Filme: depende do dia… suspense, romance, comédia
Filme: Pearl Harbor, do Michale Bay e Doce Novembro de Pat O’Connor
Ator/Atriz: Julia Roberts
Diretor: Michael Bay
Último que assistiu? Crepúsculo, Catherine Hardwicke

Televisão…
Estilo de programa: novela e jornal
Programa: Hoje Em Dia
Personagem / Apresentador: Luciano Huck
Último que viu? CQC

Livro…
Estilo de livro: auto ajuda
Livro: O Sucesso É Ser Feliz, de Roberto Shinyashiki
Personagem (livro e autor): –
Autor: Roberto Shinyashiki
Último que leu? O Sucesso É Ser Feliz

Geral…
Cor: branco
Estação do Ano: inverno
Local Favorito: minha casa
Algo que adora fazer? trabalhar, namorar e estar com amigos

– Perguntas Gerais…
O que sonhava em ser quando criança?
Devo ter sonhado ser muita coisa, toda criança sonha….. O que mais me lembro era ser psicóloga. Hoje consigo entender essa vontade, sinto muito prazer em ajudar as pessoas, como psicóloga talvez conseguisse isso todo o tempo. Na minha profissão acho muito difícil ajudar, mas ainda penso em abrir um restaurante saudável e assim auxiliar as pessoas a se alimentarem melhor.

Quando “decidiu” sua profissão? Por que?
Decidi nas vésperas da inscrição para o vestibular. Porque era um curso novo por aqui e achei que teria bastante campo de trabalho.

O que os pais/família acharam da decisão?
Eles apoiaram.

Quem admira em sua área de trabalho?
Alguns colegas de turma que hoje são bem sucedidos e um professor (Antônio).

Na vida pessoal possuí alguém que seja um exemplo para você?
Minha família, alguns são exemplo do que eu quero ser e outros do que não quero.

– Questões Específicas
Quais são as possibilidades de trabalho para um engenheiro de alimentos?
Na minha região elas são bem baixas, a profissão ainda não é reconhecida. Em centros maiores são profissionais bem valorizados. Um engenheiro de alimentos pode atuar em varias áreas diferentes:
Produção De Alimentos / Bebidas
Controle De Qualidade De Alimentos / Bebidas
Desenvolvimento De Novos Alimentos / Bebidas
Órgãos Sanitários – Fiscais De Estabelecimentos Produtores De Alimentos
Administração De Empresas De Alimentos
Gestão Ambiental De Empresas De Alimentos
Analista / Microbiologista De Alimentos, entre outras.

Quão difícil é conseguir que um estabelecimento cumpra todas as exigências da vigilância sanitária?
Isso depende de qual é o objetivo do estabelecimento. Caso ele tenha a intenção de exportar ou ter um público alvo bem exigente é muito fácil que ele cumpra as exigências. Caso o público dele não seja tão exigente (somente mercado interno) e ele não vê retorno financeiro em investir nas exigências é muito difícil e normalmente o proprietário só cumpre quando esta prestes a levar uma multa. Acho que tudo depende da visão do dono do estabelecimento. Normalmente os que possuem um nível mais alto de escolaridade são os mais conscientes. Eles conseguem ver as necessidades das exigências e enxergam um crescimento futuro nestes investimentos necessários.

Em algum momento você deixou de ir a algum lugar onde costumava comer após assistir suas aulas por sentir que não confiava mais no lugar e na forma que os alimentos eram feitos?
Após as aulas não me lembro, mas após a atividade profissional com certeza. O mais marcante foi um restaurante japonês que fui fiscalizar e a condição higiênica era péssima. O exterior do restaurante era lindo, mais a cozinha…. Eles disseram que iam melhorar, mas como não tenho o poder de aplicar a multa, não posso garantir que realmente aconteceu.

Tem algo que costumeiramente é feito errado e que as pessoas nem imaginam? Se sim o que? E qual o procedimento correto?
O que mais vejo por aqui são supermercados desligarem as ilhas de refrigeração durante a noite para economizar energia. Esse procedimento não deve ser feito pois ele aumenta muito a chance dos alimentos estragarem. Também já vi supermercados que reembalam os fatiados (queijo, presunto) para alterar a data de fabricação. E também há casos onde supermercados e padarias confeitarem novamente bolos de aniversário para que parecerem novos. A dica é sempre encomendar.

O que você acha da prática que vem sendo criada para controlar o desperdício de alimentos, onde o que era visto como resto, comida do dia anterior ou até lixo como folhagem de algumas verduras que vem ganhando lugar na dieta das pessoas?
Acho que está melhorando, mas ainda precisa melhorar mais. Acredito que isto vem acontecendo justamente por causa dos avanços em pesquisas na área e os engenheiros de alimentos contribuem muito nesta hora. Primeiro porque o aproveitamento dos subprodutos de alimentos gera lucro para a empresa e pelas questões ambientais muito debatidas durante o curso.

gleice_1gleice_2

Entrevista realizada nos dias 17/02/2009 e 23/06/2009

—————

Série Entrevistas – Entrevistados Anteriores:
– Fevereiro: Filip
– Março: Thiago
– Abril: Vanessa
– Maio: Victor

Um comentário sobre “entrevista do mês: gleice

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s