day off

Nada melhor do que um lindo dia de folga, né? Não fiz nada de emocionante, mas para mim esse é o objetivo principal de dias de folga. Day Off é um dia normal, como todos os outros úteis, onde se tira para fazer coisas inúteis. Mentira, hoje fiz coisas extremamente importantes, como por exemplo, dormir até tarde… coisa que não tenho feito há tempos e que se tornou totalmente necessária. E morgar e ver televisão, algo vital para o meu ser, porque ao contrário do mundo sou ótima em pegar situações alheias e aprender com elas, assim como usa-las como inspiração para pensar na vida. Ache você isso fútil ou não, acho bastante proveitoso. Quebrar a rotina diária para tomar folêgo, inspirando bem fundo, faz bem. Se espreguiçar also. Pergunta para os gatos como eles mantém sua pelagem vicosa e postura impecável… espreguiçam o dia inteiro.

O que então eu vi de bom na teli? Hum, como sempre garimpar é o segredo. Nada parecia bom. Até que passando pelo canal Ideal vi aquele reality show que mostra a “rotina” das pessoas que fazem o Cirque Du Soleil, isto é, todos os acrobatas e seus exercícios. Já havia visto Fire Whithin no People+Arts e eu realmente acho fascinante. Ver pessoas tão em forma, flexíveis, fazendo movimentos incríveis e deixando todos, incluindo eu, de boca aberta. E para estar lá precisa mais do que talento. Precisa ser forte, tanto fisica quanto mentalmente. Porque se tem de aguentar o próprio peso, o peso do outro e o peso do nome Cirque Du Soleil. Eles trabalham muito. Tem liberdade de criar seus programas dentro do conceito e da história principal, que em Varekai gira em torno de Ícaro. E ao longo do processo de criação vão tendo algumas dicas e conselhos dos diretores do espetáculo, mas se no dia em que apresentarem para o chefão… Guy Laliberté ele não entender o que você fez… já era.
Nessa parte o programa que parece ter como objetivo dar vida aos “seres fantásticos” que nos impressionam ganha vida demais, chegando a ser um tanto cruel. Nessa hora que vemos que além de ser entretenimento aquilo lá é um negócio… e negócios às vezes são de partir o coração.

Para não entrar nessa vibe no meu dia de folga o lance é loosing up, aproveitar a folga, dar um rewind mental. E isso tá acontecendo nesse exato momento, quando escrevendo aqui o LastFM começou a tocar “All Mixed Up” do 311… praticamente uma máquina do tempo. Me levando de volta à dias nos quais surf e skate eram parte do meu dia-a-dia na cidade grande. Péssima praticante de esportes radicais que sou, me limitava a ler sobre, ver documentários e demos o dia inteiro. Sonhando com Jeffrey’s Bay, Teahuppo ou até Bruce Irons. Apesar do “sofrimento” era bom demais ter 15 anos!

O melhor de tudo é que o dia ainda não acabou então, vou sair daqui e aproveitar! See ya tomorrow!

Ah, e se diferente do meu, o seu dia foi exaustivo e estressante, dá play e sente só a brisa…

311 – “All Mixed Up”

letra

Jeffrey’s Bay

Teahuppo

Bruce Irons

créditos:imagens retiradas da Internet

Anúncios

Um comentário sobre “day off

  1. Vanessa disse:

    Não consegui escutar música… :( Pc da facul não deixa… mas escutarei mais tarde…
    Ahhh ver essas fotos do mar….aiai… que vontade que dá de viajar, esquecer as crises, neuras, trabalhos… e abstrair td… entrar em comunhão consigo e com a natureza…
    Estou precisando urgente…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s