grunge até morrer

Todo mundo com quem falei sobre o show do Chris Cornell estava descrente. Foi difícil achar companhia e no fim a única pessoa que encontrei acabou desistindo. Fui, sozinha, com muita força de vontade… porque o cagaço de cair no ônibus, descer no ponto errado ou qualquer coisa do tipo parecia maior do que o normal. Talvez porque foi o primeiro show na vida que fui sozinha. Incrível como demorei 24 anos para isto. Fiquei até pensando a respeito, acho que há pessoas que passam uma vida inteira sem passar por essa experiência.

Foi estranho, mas gostei. Acho legal poder dividir as lembranças com alguém que conheço, mas dessa vez ninguém queria dividir comigo. E no fim foi bom, não precisei me preocupar com um desencontros ou coisas similares. Peguei minha voz aguda, cantei, berrei, gritei e dane-se quem está do meu lado…

A experiência…

Não vou ser hipócrita e dizer que só gostava de Nirvana, Alice In Chains, Pearl Jam e Soundgarden por suas músicas. Todo mundo sabe que como grande parte das garotas, um dia sonhei em “casar” com os vocalistas dessas bandas. Então, imagina a emoção de ver um deles de perto? Porque vamos combinar que o Eddie Vedder, mesmo sendo um senhor “boa pinta”, é um senhor e eu vi lá de longe. Dessa vez não, mesmo com o meu “grande” tamanho vi tudo e de perto. Mas a emoção que eu imaginei que sentiria não apareceu. Não sei o que acontece. Acho que a adrenalina do meu trabalho acabou fazendo os shows parecerem menos emocionantes. Foi assim com o Incubus, Pearl Jam e assim por diante…

Fazer o que??? Aproveitar o show, né?
Ele cantou todas e mais algumas músicas que eu queria ouvir. A alegria foi tanta que estou rouca até hoje, cinco dias após o show.

SETLIST
1. “Let Me Drown” – Soundgarden
2. “Outshined” – Soundgarden
3. “Show Me How To Live” – Audioslave
4. “You Know My Name” – Solo
5. “No Such Thing” – Solo
6. “Billie Jean” – cover Michael Jackson
7. “Be Yourself” – Audioslave
8. “Hunger Strike” – Temple Of The Dog
9. “Spoonman” – Soundgarden
10. “Getaway Car” acústico – Audioslave
11. “Call Me A Dog” acústico – Temple Of The Dog
12. “Preaching The End Of The World” acústico – Solo
13. “I Am The Highway” acústico – Audioslave
14. “Like A Stone” acústico – Audioslave
15. ” Doesn’t Remind Me” acústico – Audioslave
16. “Cochise” – Audioslave
17. “Loud Love” – Soundgarden
18. “Arms Around Your Love” – Solo
19. “Fell On Black Days” – Soundgarden
20. ” Black Hole Sun” – Soundgarden
21. “Whats You Are” – Audioslave
22. “Rusty Cage” – Soundgarden

– BIS
23. “Seasons” – Solo
24. “Burden In My Had” – Soundgarden
25. “Can’t Change Me” – Solo
26. “Slaves & Bulldozers” / “Solo de Bateria” / “Searching With My Good Eye Closed” / “4th of July” / “Like Suicide” / “The End” – Soundgarden
27. “Whole Lotte Love” – cover Led Zeppelin

Depois disso não tem mais o que dizer, né?
Se a “sua” desculpa foi “nem curto o que ele tem feito” ou “acho que ele nem canta mais…”, só posso te dizer:

Perdeu Playboy!

 

Anúncios

3 comentários sobre “grunge até morrer

  1. mauricio verderame disse:

    Caramba! Você falou com as pessoas erradas!! Eu estava louquíssimo pra ir nesse show (você sabe o quanto eu sou doido pelo som desse cara), mas completamente sem grana… não fui e doeu muito saber que, exatamente como eu achava, foi um espetáculo… :(
    Que bom vc foi e curtiu.
    Um beijo, miúda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s